quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Desafios Motores

      Procurando incentivar as crianças a exercitarem a percepção visual e tátil a sala foi organizada de forma diferente.

      Num primeiro momento, amarramos uma corda de um lado a outro da sala e prendemos alguns bambolês que ficaram como arcos para serem ultrapassados. Também foram disponibilizados alguns bambolês soltos para que as crianças do Berçário I pudessem explorá-los.









      Ao verem os bambolês as crianças se aproximaram e começaram a explorá-los, havendo até algumas disputas pelo brinquedo, com incentivo das professoras várias crianças passaram engatinhando por dentro dos bambolês.

      Em outra ocasião, a sala também foi organizada com várias tiras de tecido esticadas de um lado ao outro, fazendo um emaranhado. Conversamos com as crianças e mostramos como passar entre as tiras, para chamar a atenção do grupo, também colocamos algumas peças de montar.






      Assim que viram o emaranhado de cordas com as peças, as crianças se aproximaram e começaram a explorar, algumas ficaram empolgadas com o colorido e não sabiam qual peça pegar, esticavam os braços e algumas passavam entre as cordas para chegarem até as peças que queriam pegar.


2 comentários:

  1. Amei, sempre achei que mesmo as crianças mais pequenas têm um poder muito grande de realizar actividades e aprender com elas

    ResponderExcluir